Bases da Farmacovigilância e Farmacocinética Clínica
Responsive image

Descrição do curso

Política Nacional de Medicamentos (PNM). Farmacovigilância e o uso de medicamentos. Regulamentação sanitária de medicamentos. Farmacovigilância e a segurança do paciente. Aspectos econômicos da saúde. Anvisa e a avaliação de tecnologias em saúde. Legislação nacional para o registro de medicamentos. Gerenciamento de risco em farmacovigilância. Processos farmacocinéticos. Farmacocinética clínica.

Conteúdo Programático:

    UNIDADE I
  • Apontar a legislação vigente referente à Política Nacional de Medicamentos no país.
  • Reconhecer a importância da Farmacoepidemiologia e Farmacovigilância na segurança do uso de medicamentos.
  • Explicar o processo de monitorização da segurança de medicamentos através da observação e notificação de eventos adversos relacionados ao seu uso.
  • Demonstrar a relevância da Farmacovigilância na prática clínica.

  • UNIDADE II
  • Identificar o funcionamento dos processos investigativos em Farmacovigilância em âmbito hospitalar.
  • Relacionar a farmacovigilância às ações de gerenciamento de risco e segurança do paciente.
  • Utilizar a Farmacoeconomia como ferramenta na avaliação econômica em saúde.
  • Analisar os processos de avaliação e incorporação de tecnologias em saúde.

  • UNIDADE III
  • Explicar o processo que leva ao registro de medicamentos no Brasil.
  • Interpretar a legislação e as normas para o registro de medicamentos novos, genéricos e similares.
  • Identificar a dinâmica das inspeções em Farmacovigilância.
  • Apontar a importância da elaboração dos Relatórios Periódicos de Farmacovigilância.

  • UNIDADE IV
  • Reconhecer os fundamentos da farmacocinética clínica.
  • Analisar os principais parâmetros farmacocinéticos.
  • Explicar a sua utilização nos ensaios clínicos.
  • Definir a sua relevância na otimização da terapêutica medicamentosa.