Políticas de Segurança Pública
Responsive image

Descrição do curso

Noções básicas quanto à Segurança Pública. Segurança Pública e Direitos Humanos. segurança pública na Constituição Federal de 1988. Órgãos de segurança pública. Definições importantes quanto à segurança pública. Retrospectiva histórica do Brasil. Crimes patrimoniais. Homicídios. Tráfico. Milícias. Crimes de ódio contra minorias. Crimes de colarinho branco. Sistema prisional e reincidência. Identificação, análise, aplicação e monitoramento de políticas de segurança pública adequadas. Bons exemplos de políticas de segurança pública. Perspectivas para o futuro das políticas de segurança pública.

Conteúdo Programático:

    UNIDADE I
  • Compreender os conceitos básicos que permeiam a noção de segurança pública.
  • Analisar a real importância dos Direitos Humanos e entender em que sentido a segurança pública pode ser considerada um deles.
  • Identificar a forma como a Constituição da República de 1988 trabalha esta questão e quais órgãos estabelece como sendo os responsáveis pela segurança pública em território nacional.
  • Adentrar nas demais esferas do Sistema de segurança pública no Brasil, analisando organismos importantes quando se trata de analisar, obter dados e criar ferramentas de segurança pública.

  • UNIDADE II
  • Compreender a história da formação da sociedade brasileira como a vemos hoje, percebendo assim a ligação dos problemas de segurança pública com o contexto em que o Brasil se desenvolveu.
  • Analisar como a desigualdade social é estruturada e seus impactos diretos no que se refere à criminalidade patrimonial.
  • Refletir sobre o problema dos homicídios no Brasil de forma concreta, com base na análise de dados e estatísticas oficiais.
  • Analisar o modo como o Narcotráfico influencia nas questões de segurança pública no país e compreender de que forma a sua presença conseguiu tanta força no cenário atual.

  • UNIDADE III
  • Analisar o contexto em que as milícias se formaram na sociedade brasileira e compreender a criminalidade envolta a essas organizações criminosas como um fator agravante da segurança pública.
  • Compreender quais os crimes de ódio que mais fazem parte da realidade do século XXI e analisar em que medida eles impactam na segurança pública.
  • Refletir sobre as questões relativas aos crimes de colarinho branco, seus agentes e alguns tipos penais, analisando de que forma a sua repercussão é sentida no cenário da criminalidade brasileira.
  • Adentrar nos contornos e números do sistema penitenciário atual e analisar em que medida ele é benéfico (ou não) na preparação dos presos para a vida pós-cárcere, com uma análise dos dados.
    UNIDADE IV
  • Compreender, na prática, como ocorre o procedimento de análise, identificação e planejamento de políticas de segurança pública.
  • Compreender, na prática, como ocorre a aplicação e o monitoramento das políticas de segurança pública.
  • Refletir sobre alguns exemplos de políticas de segurança pública a nível nacional e internacional, analisando aquelas em que houve especial sucesso.
  • Analisar as perspectivas para o futuro da segurança pública no Brasil, apontando algumas tendências no que se refere às políticas necessárias e aos resultados esperados.